[HUTCHERSON BRASIL] Entrevista do Josh ao "Sofeminine"


O site Sofeminine entrevistou Josh para falar sobre seu personagem em Jogos Vorazes e muito mais. Confira a tradução abaixo:


Ao quebrar recordes ao redor do mundo, Os Jogos Vorazes foi um dos maiores filmes do ano. Baseado na trilogia de Suzanne Collins, o filme é ambientado no futuro em que jovens são forçados a lutarem até a morte em uma competição brutal. Estrelando Jennifer Lawrence como Katniss Everdeen, a jovem que é escolhida por seu distrito junto e segue o filme ao lado de Peeta Mellark, interpretado por Josh Hutcherson, e Liam Hemsworth como seu amigo de infância, Gale Hawthorne.

Se Josh, o jovem de 20 anos, é familiar para você, é porque ele já atua há mais de 10 anos, incluindo a Jornada Ao Centro da Terra, Ponte Para Terabítia e Minhas Mães e Meu Pai. Enquanto ele começa a gravar o próximo filme da saga, Em Chamas, o DVD do primeiro filme é lançado. E a Sofeminine sentou com Josh para falar sobre a franquia.

Por que você acha que os livros são tão populares?
Josh: Eu acredito que seja porque podemos nos identificar com os personagens de alguma forma, eles encontram um pouco do Peeta, da Katniss, ou do Gale neles. É quase como: O que você faria se fosse jogado dentro dos Jogos Vorazes? Além do mais, é um mundo com governo autoritário e futurístico, o que intriga as pessoas, então ver o livro falar com um público jovem sobre mensagens tão sérias, é algo que prende.

Nos conte um pouco sobre o seu personagem.
Josh: O Peeta é muito parecido comigo. Eu tenho a mesma visão da vida, que é “continue sendo quem você é e não importa o que for e a circunstância em que você esteja, nunca comprometa isso.” Eu sinto que somos bem parecidos neste aspecto. Eu também vejo que ele tem um humor sarcástico e essa também é uma característica minha. Então nós definitivamente temos coisas em comum.

Parece que você identificou-se com o Peeta logo de cara.
Josh: Quando eu li o livro em senti uma conexão com Peeta de imediato, sim. E o personagem me deixou meio louco, pois eu queria muito o interpretá-lo. Mas conforme as filmagens seguiam, eu percebia ainda mais como eu era parecido. De certa forma ficou estranho e assustador, porque eu quase parei de atuar e acabei sendo eu mesmo e me chamando de Peeta. Foi engraçado, eu sinto que às vezes eu sou mais meu personagem do que eu mesmo.

Onde você estava quando descobriu que tinha sido escolhido para o elenco?
Josh: Eu estava em minha casa em Los Angeles e nós estávamos esperando pela ligação durante a semana toda, ligando para meu agente e ele me ligando. Então eu finalmente recebi a ligação. Eu estava na cozinha e meu agente, minha mãe e meu empresário me ligaram dizendo: “Você conseguiu o papel em Jogos Vorazes”. Minha mente foi à loucura, é uma daquelas coisas que você não acredita que aconteceram. Eu tive que me beliscar, pois amava muito a história, e agora estamos aqui.

Você e a Jennifer são do mesmo estado, Kentucky. Isso fez a química ser mais fácil?
Josh: Sim, não é um estado enorme, mas há vários de nós por aí! Mas foi estranho que nós dois viemos de lá, já que, estranhamente, é lá mais ou menos onde o Distrito 12 seria. É meio baseado nisso. Há um certo entendimento do Sul e tivemos uma criação parecida. Nós conectamos logo de cara. No teste nós falamos sobre Kentucky, o Kentucky Fried Chicken e times de basquete rivais, em todas essas coisas há conexões.

Quais são as características marcantes de alguém de Kentucky?
Josh: Eu acho que temos um tipo de hospitalidade do tipo: “Sim, senhora” e “Não, senhor” e esse tipo de coisa. Foi com isso que eu cresci. Além disso, eu não sei. A maioria das pessoas que eu conheci de lá têm uma cabeça boa e parecem ter um bom balanço. Eu amo ser de lá. É um ótimo lugar para voltar e curtir os amigos e a família.

Você conhece algum fã-site de Jogos Vorazes?
Josh: Sim. Eu acho que isso é uma das coisas mais incríveis, que as pessoas tem direito de dizer o que querem. Para mim, eu não fico online muito, nem no Facebook, Twitter ou coisas assim, então a única hora em que eu fico online é para ver algo no Google. Mas eu falo com as pessoas na rua, ou fãs, sem dúvida.

Você está sofrendo com as pessoas que te reconhecem?
Josh: As pessoas estão super bem com isso. Ninguém surtou ou fingiu ser louca, então tem sido legal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário